Tendo em consideração os estudos de investigação mais recentes que têm vindo a ser publicados sobre o Ensino Superior, designadamente aqueles que se têm debruçado sobre a Universidade do presente e do futuro, o projecto em apreço visa não só explicar e compreender a situação actual da Universidade, mas também ponderar o sentido da sua evolução nos próximos 10 anos. Através de modelos estruturais de análise de dados, procurar-se-á demonstrar como é que os principais marcadores identificados, com incidência na formação, na inovação e na pesquisa, interferem na determinação, na dinâmica e na evolução da estrutura da Universidade de hoje e de amanhã. Os resultados apurados serão comparados com as conclusões dos estudos mais relevantes que têm sido publicados no âmbito da temática deste projecto. Dar-se-á ainda uma atenção especial aos marcadores que se revelarem mais inovadores e consistentes, em particular àqueles que da análise, interpretação e discussão dos dados mostrarem ter sido determinantes nas mudanças operadas na estrutura e na dinâmica da Universidade. De um ponto de vista teórico, parte-se do princípio que a importância e a configuração dos diferentes marcadores é distinta na formação, na inovação e na investigação. A nossa atenção centrar-se-á, assim, em cada um dos marcadores que mais adiante se descrevem e se delimitam conceptualmente.

Na fase de diagnóstico do projecto, que consistirá em entrevistas, questionários e cenários de estudo e de reflexão com os principais actores da Universidade, procurar-se-á identificar as tendências evidenciadas em cada um ou em conjuntos desses marcadores, a fim de compreender melhor a estrutura e a dinâmica da Universidade que se perfila para o futuro.

Na fase de intervenção, através da informação, da reflexão e da discussão, procurar-se-á intervir junto dos próprios atores, no sentido de os fazer tomar consciência da necessidade de alterar, ou não, a sua ação no interior da Universidade e na sociedade em que esta se insere e que lhe confere características específicas. Esta intervenção será precedida de reuniões de grupos de reflexão, de sessões e de fora de discussão, com o objectivo de ponderar e de propor as estratégias a seguir que se revelem mais sustentadas e pertinentes.

Translation

Thinking, feeling and management of the University of the future will be a huge challenge and a permanent concern for the next generations who inhabit it and is the main objective behind this project.

According to more recent research findings on higher education, and specifically on the University of the present and future, the project will aim to explain and understand where the University of today is and where it intends to go in the future mainly over the next 10 years. Preference will be given to structural models and we will try to see how the markers identified, influencing formation, innovation and research interfere in the determination, dynamics and evolution of the structure of the University of today and tomorrow. Only the most relevant authors, conclusions and studies of research that, in our opinion, have distinguished themselves more in relation to the objectives and the questions of this project, will be mentioned, in a very synthetic and condensed way, avoiding useless repetitions. We will also give special attention to the most innovative and consistent conclusions regarding those markers that, from the analysis, interpretation and discussion of the data, are more decisive in the changes made in the structure and dynamics of the University. We theoretically maintain that the importance and configuration of the different markers will be distinct in relation to education, innovation and research. Therefore, our focus will be on each of these markers that we will describe briefly below.

In the diagnostic phase of the project, through interviews, questionnaires and scenarios of study and reflection with the main actors of the University, we will try to identify the trends that occur in each one or in sets of these markers in order to better understand the structure and dynamics of the University of the future.

In the intervention phase we will seek to act through information, reflection and discussion about the actors themselves in order to change their action and participation in the interior and exterior of the University. This intervention will be preceded by meetings of reflection groups and sessions, and out of discussion leading to study and propose the best strategies to follow.

Pensar, sentir e organizar a Universidade do futuro irá ser um enorme desafio e uma preocupação permanente das próximas gerações que a habitam. O objectivo deste projecto é precisamente  demonstrar a forma como a comunidade académica perspectiva a Universidade, latu sensu, para os próximos 10 anos.

 

  

Coordenação

 José Tavares

Professor Universitário

Coordenador geral

É Professor Catedrático Jubilado da Universidade de Aveiro, doutorado em Filosofia pela Universidade Católica de Lovaina (bélgica), em 1977,  agregado em Psicologia da Educação pela Universidade de Aveiro, Portugal, em 1989. Coordenou a área de Psicologia do Departamento de Ciências da Educação de 1980 a 2009 e a Unidade de Investigação Construção do Conhecimento Pedagógico nos Sistemas de Formação (CCPSF) de 1995 a 2006. Foi Director do Departamento de Ciências da Educação da Universidade de Aveiro e Coordenador da Comissão Científica, Presidente do Conselho Coordenador e da Comissão de Gestão do CIFOP-UA, Presidente do Conselho Científico da Escola Superior de Educação de Leiria e Director do CIDInE (Centro de Investigação, Difusão e Intervenção Educacional) entre outros cargos e funções académicos. De destacar, na sua obra publicada, Psicologia do Desenvolvimento e Aprendizagem (1985), Uma Sociedade que Aprende e se Desenvolve (1996), Formação e Inovação no Ensino Superior (2003), Manual de Psicologia de Desenvolvimento e Aprendizagem (2007), O Poder Mágico de Conhecer e Aprender (2011) entre outros muitos títulos de livros, capítulos de livros e artigos ao nível nacional e internacional no âmbito da sua especialidade e, designadamente, sobre docência e aprendizagem no ensino superior. Coordenou e desenvolveu vários projectos de investigação financiados por diferentes entidades nacionais e internacionais e orientou 23 teses de doutoramento e 22 teses de mestrado. Participa ainda em alguns projectos de pesquisa e formação, em editoriais de revistas da especialidade e coordena uma linha de investigação do CIDInE sobre “Docência e Inovação no Ensino Superior”.

Isabel Alarcão
mmmmmm

Professora Universitária

Consultora

Isabel Alarcão, nascida a 9 de Março de 1940, em Coimbra, licenciou-se em Filologia Germânica pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Exerceu a docência no ensino secundário durante sete anos tendo sido também orientadora de estágios. Esta experiência despertou-a para a relevância da formação de professores, temática que aprofundou no Mestrado em Curriculum and Instruction que realizou na Universidade do Texas, em Austin, Estados Unidos da América, em 1974-75.Ao regressar a Portugal, foi convidada para integrar o corpo docente da então jovem Universidade de Aveiro e leccionar nos cursos de formação de professores de Línguas (1976). A sua actuação mereceu-lhe o convite para integrar a Comissão que, na sequência de uma visita de peritos do Banco Mundial, teve por missão proceder aos estudos conducentes à criação do Centro Integrado de Formação de Professores (CIFOP) na Universidade de Aveiro. Dois anos mais tarde, rumou à Inglaterra para, na Universidade de Liverpool, realizar o seu doutoramento em Educação, grau que concluiu em 1981.Tem desenvolvido intensa actividade pedagógica e científica em duas áreas que procurou interligar: didáctica e supervisão. Conhecem-se-lhe as posições e os vários escritos, comunicações e conferências que a tornaram uma referência como conceptualizadora do papel das didácticas específicas na formação de professores. Mas é também na área da Supervisão que o seu nome é conhecido no país e no estrangeiro. Em 1987 publicou, em colaboração com José Tavares, um livro pioneiro intitulado Supervisão da Prática Pedagógica. Uma Perspectiva de Desenvolvimento e Aprendizagem ( 2ª edição, revista e desenvolvida, em 2003).Introdutora, em Portugal, do pensamento de D. Schön sobre a formação dos profissionais reflexivos, transferiu a noção de professor reflexivo para a de escola reflexiva, tema que tem abordado nos últimos escritos.Esteve na génese da criação do Mestrado em Ciências da Educação – especialidade de Didáctica de Inglês e do Mestrado em Supervisão, tendo sido coordenadora destes dois mestrados, na Universidade de Aveiro. Professora catedrática desde 1990, desempenhou cargos de gestão universitária de grande responsabilidade: Presidente da 1ª Comissão Coordenadora do CIFOP, Presidente do Conselho Científico da UA, Vice-Reitora e Reitora na sequência da nomeação, para Ministro da Educação, do Professor Júlio Pedrosa. Durante a sua missão na Vice-reitoria coordenou o importante processo de desenvolvimento curricular intitulado Repensar os currículos e incentivou a introdução do modelo de aprendizagem à base de projectos na ESTGA.Integra, desde a sua criação (1993), a Unidade/Centro de Investigação Didáctica e Tecnologia Educativa na Formação de Formadores.Com intensa actividade na orientação de assistentes, mestrandos e doutorandos, tem participado em inúmeros júris de provas académicas, desenvolvido projectos de investigação, apresentado comunicações e proferido conferências em reuniões científicas no país e no estrangeiro. De entre as suas publicações destacam-se 9 livros, 31 capítulos de livros e dezenas de artigos. Tem exercido funções de consultoria e é (ou foi) membro da American Educational Research Association, British Educational Association, Sociedade Portuguesa de Ciências da Educação e Centro de Investigação, Difusão e Intervenção em Educação, entre outras. É também membro do Conselho Editorial de revistas nacionais e internacionais e co-directora da Colecção CIDInE, editada pela Porto Editora.

Sou um parágrafo. Clique aqui para editar-me e adicionar o seu próprio texto. É fácil! Basta clicar em "Editar Texto" ou clicar duas vezes sobre mim e você poderá adicionar o seu próprio conteúdo e trocar fontes.

CONTATO

®

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Google+ Social Icon